filme

Um caso de amor com Justin Long

setembro 23, 2018


De vez em quando, eu gosto de assistir uma comédia romântica ou um filme mais levezinho na Netflix, só para relaxar e ficar com aquele sorriso bobo no rosto. O filme da vez foi Um Caso de Amor (A Case of You – isso seria um trocadilho com because of you ou eu viajei?), que não é tão conhecido, mas para quem gosta do gênero, vale a pena. A premissa me agradou e o fato do filme ser com Justin Long me chamou ainda mais a atenção. Eu gosto muito das comédias românticas que ele faz e confesso que tenho um crush nele (a lista de crushes é longa, eu sei, mas o que posso fazer se ele é um fofo?).

Sam (Justin Long) é um escritor que só publicou livros encomendados por produtores de filmes que queriam a versão escrita dos filmes. Entretanto, ele queria escrever algo original dele e sua inspiração veio de uma atendente num café. O problema é que ele não tinha coragem de falar com ela e a solução foi procurar seu perfil no Facebook. E então, ele tem a -não tão- brilhante ideia de usar as informações do perfil dela para ser o homem ideal e conseguir conquistá-la. Ele passa por um monte de enrascada para encontrá-la novamente e para fazer tudo o que ela gosta, fingindo ser quem não é. E quando ela se apaixona, ele acha que ela gostou do personagem que ele criou e não de quem ele é de verdade.


Sam é muito inseguro e faz com que a gente se irrite com ele em vários momentos, mas no final a gente fica só com coraçõezinhos nos olhos. O par romântico dele, Birdie (Evan Rachel Wood), é a vida do filme, uma mulher determinada, segura de si e muito divertida. Os dois criam uma conexão linda e toda a confusão serve para eles conhecerem mais de si mesmos, principalmente Sam. Achei todo o desenvolvimento do romance lindo!

Uma das mensagens que o filme passa e que eu mais gostei foi sobre o que é o amor. É saber tudo da pessoa, cada detalhe? É se anular para fazer o outro feliz? Ou é saber quando ceder e quando não? Acho que no amor a gente faz algumas concessões, mas nunca a ponto de deixar quem nós somos de lado, é sempre o meio termo e o equilíbrio.


O casal secundário também é muito legal e se encaixou perfeitamente na história. O filme consegue dosar bem entre a comédia e o romance e a gente termina com a sensação de quentinho no coração que eu adoro sentir.

Veja também: 28 comédias românticas para assistir


A única coisa que eu não gostei foi o fato dele querer crescer na vida e ter um relacionamento porque encontrou com a ex e ela estava casada, grávida e linda. Como se fosse uma competição. Mas eu entendo, que para o Sam do início do filme, aquilo foi como uma facada na sua autoestima, acho que foi justamente para mostrar o quão inseguro ele era.


O filme está disponível na Netflix (ao menos, até a data que esse post foi publicado) e tem uma hora e meia, é bem rapidinho e gostoso de assistir. Um filminho para relaxar no fim do dia.

Fotos: 1 - 2 - 3 - 4

Se você gostou da postagem, compartilhe! E comprando na Amazon através dos nossos links, você contribui com uma porcentagem da sua compra sem gastar nada mais por isso e ainda ajuda o blog.
Aproveite e teste grátis o Kindle Unlimited!
Acompanhe-nos nas redes sociais:
Facebook | Instagram | Twitter | Youtube
Obrigada por tudo! Que a força esteja com você e a sorte à seu favor! Volte sempre! #desaparatei

0 comentários

Comente sua opinião!

ASSISTA AOS VÍDEOS DO NOSSO CANAL E SE INSCREVA!