cariotipo

Cariótipo: Mary Shelley + Leitura Conjunta de Frankenstein

abril 02, 2018

Mary Shelley

Hoje é dia de fazer um Cariótipo, a autora da vez é Mary Shelley! Veja também cariótipos de outros autores que já fizemos por aqui: Raphael Draccon, Neil Gaiman e Eduardo Spohr.

Mary Wollstonecraft Shelley nasceu em Londres em 30 de agosto de 1797. Filha do filósofo William Godwin e da escritora Mary Wollstonecraft, que morreu apenas onze dias depois de dar à luz a Mary. Ainda que não tenha conhecido sua mãe, Mary cresceu sabendo de sua existência e de seu legado, sendo considerada uma das pioneiras do movimento feminista.  É autora da obra "Defesa dos Direitos das Mulheres”, publicada em 1790. Além da mãe feminista, Mary também tinha um pai que sempre a motivava. Foi criada por ele num ambiente que a proporcionou liberdade e incentivo intelectual, convivendo com nomes como Henry Hazlitt, Charles Lamb e Samuel Coleridge.

"O mundo era para mim um segredo que eu desejava decifrar. Entre as mais antigas sensações de que posso me lembrar estão a curiosidade, a pesquisa dedicada para aprender as leis ocultas da natureza e uma felicidade equivalente ao júbilo quando elas se revelam a mim."

Aos dezessete anos, em 1814, Mary conheceu um poeta chamado Percy Bysshe Shelley e os dois se apaixonaram, fugindo juntos ainda no mesmo ano. Um pequeno detalhe: o poeta já era casado quando começou a namorar Mary, ainda que viesse se afastando da esposa e da família por questões ideológicas. Por Percy ser casado e mais velho (22 anos), talvez, o pai de Mary não aprovava o relacionamento dos dois. Algum tempo depois, a primeira esposa de Percy foi encontrada morta com suspeitas de suicídio. Após o ocorrido, Percy e Mary decidem se casar.

Percy Shelley

O casal vai passar um feriado na Suíça e lá encontram Lord Byron, com quem começam uma discussão acerca do sobrenatural. É então que surge a ideia de competição entre eles: quem escreveria a melhor história de terror?

"Para examinar as causas da vida, precisamos primeiro entender a morte."

A partir daí, Mary, aos dezenove anos, começa a escrever a história de horror gótico que faz sucesso até hoje: Frankenstein. Ou O prometeu moderno. No início, os críticos falaram muito mal de sua obra (principalmente por ser um livro escrito por uma mulher), mas o público recebeu o romance muito bem, especialmente depois da adaptação para o teatro. Mary tornou-se uma escritora bem sucedida ainda em vida, transformando-se numa das precursoras da ficção científica.

Esse ano, Frankenstein completa seu bicentenário e para comemorar e homenagear essa incrível autora, estamos organizando uma leitura conjunta de seu romance mais famoso.


A Leitura Conjunta vai funcionar da seguinte forma:


Início: 28 de abril
Término: 26 de maio

Discussões aos sábados:

  • 5 de maio - Prefácio, cartas e capítulos 1-3
  • 12 de maio - Capítulos 4-11
  • 19 de maio - Capítulos 12-19
  • 26 de maio - Capítulos 20-24 e última carta

Quem quiser participar, já criamos o grupo no whatsapp, só entrar aqui!
OBS: SÓ ENTRE SE FOR PARTICIPAR DAS DISCUSSÕES!


Mary Shelley, sem dúvida, foi uma escritora incrível e uma inspiração para muitos depois dela. Apesar de ter a vida marcada por tragédias – deu luz à quatro filhos e apenas um sobreviveu, seu marido Percy também morreu jovem, aos 29 anos, num naufrágio, além da morte precoce de sua mãe – Mary foi muito bem sucedida em sua carreira e focou em sua escrita até o dia de sua morte, em fevereiro de 1851, aos 53 anos, por um câncer cerebral.

Mary Shelley

Mary Shelley
também escreveu outros livros além de Frankenstein, como: Mathilda, The Last Man, Valperga, Lodore e Falkner. E inspirou muitos filmes posteriormente, um dos mais recentes foi Victor Frankenstein, com James McAvoy () e Daniel Radcliffe () nos papeis principais, uma pena os críticos não terem gostado muito. Outra produção inspirada no romance mais famoso de Shelley foi As Crônicas de Frankenstein, onde um detetive investiga uma série de crimes em Londres durante o século XIX e esses crimes podem ou não ter sido cometidos por um cientista que tenta reviver os mortos. (Sinopse do Adoro Cinema). Teve também referência ao monstro na série Penny Dreadful e uma suspeita minha é que Gasparzinho também tenha influência de Frankenstein, já que o pai de Gasparzinho criou uma máquina para reviver os mortos (depois que eu ler o livro eu confirmo ou descarto essa suspeita rs).

“Se eu não posso provocar compaixão e amor, então, eu vou provocar o terror.” 

Pelo que eu vi, também estão produzindo uma cinebiografia da autora, com Ellie Fanning no papel de Mary Shelley e Douglas Booth de Percy Shelley. Contando ainda com Maisie Williams e Bel Powley no elenco. Ainda não possui uma data de estreia.

Eu ainda não li nada da autora, mas já estou ansiosa pela leitura de Frankenstein e outras de suas obras, pois já estou fissurada por sua própria história de vida. Espero que tenham gostado desse Cariótipo e não deixem de comentar autores que vocês gostariam que falássemos por aqui! Ah, participem da nossa leitura conjunta também!

“Então vem sempre aquela voz me dizer que: O começo é sempre hoje.”

Adquira seu exemplar da Darkside aqui:



Fontes: Ideia Fixa - Nexo Jornal - Estante Virtual - InfoEscola - Omelete
Fotos: 1 - 2 - 3

Se você gostou da postagem, compartilhe! E comprando na Amazon através dos nossos links, você contribui com uma porcentagem da sua compra sem gastar nada mais por isso e ainda ajuda o blog.
Aproveite e teste grátis o Kindle Unlimited!
Acompanhe-nos nas redes sociais:
Facebook | Instagram | Twitter | Youtube
Obrigada por tudo! Que a força esteja com você e a sorte à seu favor! Volte sempre! #desaparatei

2 comentários

  1. Claro que vou participar, apesar de já ter lido este clássico será incrível poder reler e compartilhar com vocês minhas impressões. Pena minha edição não ser esta maravilhosa da Darkside, mas ok vai dar para interagir. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha que ótimo! Não tem problema ser de outra edição, todas são bem vindas, a gente colocou na leitura conjunta o que tem em todas as edições, mas a Darkside arrasa mesmo né? rs Vale a pena ter essa edição!
      Beijos! E obrigada por participar ♥

      Excluir

Comente sua opinião!

ASSISTA AOS VÍDEOS DO NOSSO CANAL E SE INSCREVA!