resenha

[Resenha] Parte 2 - Sete Anos, de Gaby Fraga

dezembro 03, 2017

Nome: Parte 2 - Sete Anos (Contos de Will & Richard #2) | Autora: Gaby Fraga | Gênero: Romance LGBT | Editora: Publicação Independente | Ano: 2016 | Páginas: 37
Sinopse: Sete anos se passaram desde que Will deixou a vila e o amor de sua vida para trás. Ferido por saber que Richard se casara, tentou seguir com sua vida, mas tudo que conseguiu foi se tornar um mercenário.
Agora, o destino o trouxe de volta para casa. Richard estava desaparecido, e sua esposa oferecera uma generosa recompensa para quem o encontrasse.
Era apenas um trabalho, Will dizia, mas na verdade ansiava por encontrar aquele que amava mais uma vez.
Trecho Favorito: "Você está no meu futuro, Will. Eu sei disso. Estamos destinados a ficar um com o outro."

AVISO! Contém spoilers do primeiro conto: Parte 1 – Antes


Como o título sugere, a história do primeiro conto continua após sete anos. Will mudou muito, virou um mercenário. Richard agora é rei, casado e com um filho. Depois de sete anos fora, Will retorna a Raindom, seu antigo lar. Richard foi sequestrado e ele estava lá como um mercenário para reencontrar e salvar o rei, mas é claro que as memórias voltariam com tudo.

A história curta, mas cheia de ação, surpresas e romance, do jeito que Gaby sabe fazer, conseguiu ser melhor que o primeiro conto. Com os traços característicos da autora, elementos parecidos com a Parte 1 continuam (como as cenas românticas e calientes entre Willard – nome do shipp), mas agora ela se aprofunda na politicagem e introduz uma personagem maravilhosa.

Linette é a esposa de Richard e tem uma personalidade incrível. Ela é surpreendente, forte e destemida. O motivo do casamento dela com Richard é ótimo e só reforça o amor de Richard por Will e a impetuosidade de Linette.

"— Deixe a diplomacia comigo. Eu sou o cérebro, você é os músculos."

Eu amei o amadurecimento dos personagens e a introdução de Linette e dos novos elementos na história. Gosto da escrita simples da autora, mas algo que me incomoda um pouco são os diálogos. Não que eles sejam ruins, mas acho um pouco estranho certas falas vindas, principalmente, de Richard. Por ele ser um rei, acho que suas falas deveriam ser um pouco mais sofisticadas. Mesmo com sua personalidade espontânea, ás vezes, suas falas beiram a infantilidade e isso me incomoda um pouco, especialmente neste conto em que já se passaram sete anos, ele já é rei e deveria ter amadurecido mais.

Fora isso, o conto é maravilhoso. A luta por um amor proibido, contra o preconceito. Agora, adicionando à história, uma mulher forte que quer quebrar padrões também. Sete anos é um tesouro de representatividade, mesmo que em poucas páginas. Dá para ler em mais ou menos uma hora, você pode encontrá-lo na Amazon.

Alguém aí já leu? O que achou? E quem não conhecia, ficou interessado?

Se você gostou da postagem, compartilhe! Não se esqueça de clicar em SEGUIR na coluna da direita do blog em "SEGUIDORES" e também de nos acompanhar nas nossas redes sociais:
Facebook | Instagram | Twitter | Youtube
Obrigada por tudo! Que a força esteja com você e a sorte à seu favor! Volte sempre! #desaparatei

0 comentários

Comente sua opinião!

ASSISTA AOS VÍDEOS DO NOSSO CANAL E SE INSCREVA!