especiais

Dica de Filme: Hush - A Morte Ouve

setembro 28, 2016


Olá, prontos para mais uma postagem nesse Setembro Azul?

Hoje trago uma indicação de filme. Assisti ontem e posso dizer que foi um dos melhores filmes de
terror/suspense que já vi na vida.

Hush – A Morte Ouve conta a história de Maggie, uma escritora que não ouve e não fala e mora sozinha. Tem uma amiga e um namorado. A amiga a visita frequentemente, mas o namorado é ignorado por ela por algum motivo não citado. Tudo está bem, até que um assassino mascarado aparece em sua casa, corta qualquer meio de comunicação que ela tenha e fica fazendo joguinhos mentais e sádicos antes de matá-la. O que ele não contava, era que Maggie fosse mais forte e esperta do que parecia. A surdez de Maggie, que parecia uma fraqueza de início – já que "a morte ouve, mas ela não" – mostrou-se um trunfo, afinal. O assassino a subestimou.

Sinopse: Depois de perder sua audição quando adolescente, Maddie Young (Siegel) viveu uma vida de isolamento totalmente recuada em seu mundo silencioso. Porém, quando o rosto mascarado de um assassino psicótico aparece na janela de sua casa ela deve ultrapassar seus limites físicos e psicológicos para poder sobreviver uma noite.

Hush é daquele tipo de filme que te prende do início ao fim, não é cansativo, mas também não é superficial. Tornou-se um dos meus preferidos do gênero, apesar de alguns erros que encontrei na trama. O filme te leva para dentro da história, te dando aqueles pequenos sustos nos momentos de tensão.


Outro ponto positivo foi a protagonista. Maggie não ouve e não fala, mas ao contrário do que muitos poderiam pensar, ela é independente e forte. É daquele tipo de personagem feminina badass, que eu particularmente adoro. Ela é esperta o suficiente para tentar sobreviver de todas as formas àquele sádico que a persegue. Aliás, o assassino é outro ponto forte do filme, John Gallagher Jr. interpreta muito bem o papel.


Quanto aos erros que citei, o maior deles é não explicar os motivos do assassino em perseguir e querer matar Maggie. Eles focam apenas no jogo de sobrevivência entre a protagonista e o vilão. Gostaria de saber como e por que ele começou a matar. E seria ele realmente um psicopata serial killer ou apenas um assassino sádico? Ficam estas questões. Talvez ele seja um psicopata, pois ele era bastante frio e calculista demais! Ainda teve o completo inútil namorado de Maggie, que aparece apenas por meio de telefonemas e vídeo chamadas ignoradas pela principal. Acredito que sua única função na trama foi a distração mesmo e só. Mas, como comentaram para mim, talvez se eles tivessem se aprofundado nessas questões, o filme teria ficado cansativo e longo demais, perdendo totalmente o foco, que era o suspense.

Eu gostaria que tivesse uma continuação ou algo do tipo para explicar essas coisas. Sonhar não custa nada, né?


Apesar desses pontos, o filme é realmente maravilhoso; o plot, as atuações e personagens, o cenário e o ritmo (tudo acontece em uma noite), além da trilha sonora, foram excepcionais. E não vamos esquecer da Vadia, a gatinha mais fofa da terra! Coisa mais linda! E, ainda em tempo, gostaria de destacar que o fato de Maggie não falar não é por causa da surdez; e alguns surdos podem ser oralizados, a falta de audição não indica incapacidade na fala também automaticamente.


Vale muito a pena ver Hush – A Morte Ouve! E quer saber uma coisa muito legal? Tem na Netflix!


E você, já viu? Não? Se interessou? Gostou do post? Deixe nos comentários sua opinião.

Que a força esteja a seu favor! Não se esqueça de clicar em SEGUIR aqui do lado e também de nos acompanhar nas nossas redes sociais:
Facebook | Instagram | Twitter | Youtube
Obrigada por tudo! Volte sempre! #desaparatei

0 comentários

ASSISTA AOS VÍDEOS DO NOSSO CANAL E SE INSCREVA!