especiais

A influência de Jane Austen no mundo

dezembro 24, 2015

Dia 16 de dezembro de 1775 nascia uma das maiores escritoras de romance do mundo. Conquistou muitos fãs ao longo desses 240 anos. Jane Austen escreveu ao todo seis livros: Razão e Sensibilidade, Emma, Orgulho e Preconceito, Mansfield Park, A abadia de Northanger e Persuasão. As duas últimas, obras póstumas. Ficou conhecida pela ironia em suas histórias, as críticas e também pelas personagens femininas fortes. Ela conseguia retratar muito bem a alta sociedade da época e seus romances, em um olhar mais profundo, trazem muito mais do que apenas o amor e as dificuldades de um casal. Austen tornou-se um clássico e, mesmo sendo livros do século XIX, ainda consegue trazer ensinamentos bastante atuais. 


Em mais de dois séculos de história, Jane Austen já foi lembrada diversas vezes em filmes, séries ou livros. Desde adaptações das obras originais a citações, inspirações ou transformações de suas histórias.

Neste post, para homenagear essa grande escritora – uma das minhas favoritas – irei listar alguns filmes/séries/livros em que Jane ou suas criações são citadas ou usadas como inspiração para novas produções. Fora as várias adaptações das histórias originais para o cinema, como por exemplo, a mais famosa: Orgulho e Preconceito, adaptação de 2005, mas isso vai ficar para outro momento. Aqui será uma lista de tudo aquilo ALÉM dos livros escritos por Austen.



1- O clube de leitura de Jane Austen


Nesse filme é bem clara a referência a autora. Logo no título já tem o nome dela. São seus livros que compõe o roteiro basicamente. O filme é sobre um grupo de mulheres que decidem formar um clube de leitura para discutir as histórias de Austen, porém, acaba entrando para um grupo um homem, um nerd que gosta de ler ficção científica. No decorrer do filme, os personagens vão lendo cada livro de Jane, de acordo com o momento que estão passando em suas vidas. 
Para quem se interessou pelo filme e quiser saber mais, eu escrevi um post sobre ele bem >aqui<.

2- Becoming Jane (Amor e Inocência)


É um romance biográfico de Jane Austen.
Sinopse: 1795. Jane Austen (Anne Hathaway) tem 20 anos e começa a se destacar como uma escritora. Enquanto ela está mais interessada em desvendar o mundo, seus pais querem que ela logo se case com um homem rico, que possa assegurar seu status perante a sociedade. O principal candidato é o sr. Wisley (Laurence Fox), neto da aristocrata Lady Gresham (Maggie Smith), mas Jane se interessa é pelo malandro Tom Lefroy (James McAvoy), cuja inteligência e arrogância a provocam.



3- Orgulho e Preconceito e Zumbis


O livro é um mashup do clássico mais famoso de Jane Austen, Orgulho e Preconceito. O que é um mashup? É basicamente você pegar um clássico e adicionar alguma criatura fantástica nele, como por exemplo, zumbis. É bem delicado fazer isso, mas eu não acho quem tenham estragado o original. Confira a resenha do livro!

P.S: Em 2016, Orgulho e Preconceito e Zumbis irá ganhar uma adaptação para o cinema, acredito que o filme será melhor que o livro desta vez. Pelo menos, o trailer me animou bastante, estou bastante ansiosa.


4- Noiva e Preconceito


Uma versão bollywoodiana de Orgulho e Preconceito. Uma mulher quer encontrar bons partidos para suas quatro filhas, mas a sua segunda filha mais velha, Lalita, resolve ela mesma escolher seu futuro marido. Encontra então o americano William Darcy e logo os dois criam uma relação de amor e ódio. Darcy demonstra preconceito e desrespeito em relação a Índia, o que irrita Lalita, que, por sua vez, irrita-o com suas reclamações, achando-o um americano mimado. Uma versão interessante do romance histórico de Austen.


5- Miss Austen Regrets



O filme conta a história de uma parte da vida de Jane Austen. Em seus últimos anos de vida, ela ainda consegue ajudar sua sobrinha a encontrar um marido.

6- Sem Prada Nem Nada


Inspirado no livro Razão e Sensibilidade. 
Sinopse: As irmãs Nora (Camila Belle) e Mary Dominguez (Alexa PenaVega) cresceram acostumadas ao conforto e ao luxo, mas após a morte do pai elas veem seu mundo desabar. Elas então, são obrigadas a mudar-se para a casa da tia ao descobrirem que o pai estava falido. A partir daí, Nora e Mary precisarão se adaptar a um novo estilo de vida isento de riqueza e ostentação.
Outro filme bem parecido e, acredito eu, um pouco mais famoso, é Material Girls, com as irmãs Hilary e Haylie Duff. Também inspirado em Razão e Sensibilidade,



7- Morte em Pemberley (Death comes to Pemberley)


Morte em Pemberley é uma minissérie, produzida pela BBC, em 2013. A história se passa alguns anos depois do fim de Orgulho e Preconceito. Lizzie e Darcy estão mais velhos e já tem um filho. A minissérie de três capítulos foi inspirada num livro de mesmo nome, da autora P. D. James, que, por sua vez, foi inspirado na obra de Austen. Com muito mistério e suspense, a trama conduz brilhantemente uma espécie de continuação para Orgulho e Preconceito. Saiba mais sobre Morte em Pemberley.




8- The Lizzie Bennet Diaries


Uma versão moderna de Orgulho e Preconceito. Lizzie é uma estudante de comunicação que cria um vlog para contar as confusões de sua vida familiar, com a ajuda de sua amiga Charlotte. Entre essas confusões, está o desejo de sua mãe em casar suas filhas com homens ricos. Tudo muda quando Bing Lee chega a cidade e Jane, irmã de Lizzie, se apaixona por ele e vice-versa. Ao mesmo tempo, Lizzie conhece o arrogante William Darcy. The Lizzie Bennet Diaries é uma websérie jovem e bastante divertida para se ver.



9- Austenland


Jane Hayes já tem mais de 30 anos e não consegue encontrar um namorado, porque nenhum homem lhe parece tão bom quanto Mr. Darcy, personagem criado por Jane Austen em Orgulho e Preconceito. Um dia, ela resolve ir para um resort no Reino Unido, que acolhe as mulheres apaixonadas pelas histórias de Austen. Lá, ela entra totalmente no mundo do século XVIII, podendo encontrar o amor de verdade, porém, chega uma hora em que não sabe mais o que é real e o que é faz de conta. 
Austenland é um livro da autora Shannon Hale, adaptado para os cinemas em 2013.






10- As Patricinhas de Beverly Hills


Filme clássico de Sessão da Tarde, foi inspirado em Emma, obra de Jane Austen. Cher é uma adolescente, filha de um advogado, que adora passar seu tempo fazendo compras e conversando sobre futilidades com suas amigas, igualmente patricinhas. Tudo muda quando Josh, enteado de seu pai, chega e a critica por seu jeito alienado. Apesar dos dois não se entenderem muito bem de primeira, Cher acaba descobrindo que está apaixonada por ele.




11- Orgulho e Preconceito: uma comédia moderna


Sinopse: Elizabeth Bennet é uma esforçada e inteligente universitária que nem pensa em se casar até se formar. Mas quando conhece Jack Wickham, um playboy gato e Darcy um sensível rapaz de negócios , a determinação de Elizabeth é colocada em teste. Ela vai conseguir enxergar através deles e descobrir suas verdadeiras intenções? 
Baseado na obra "Orgulho e Preconceito" de Jane Austen.



12- O diário de Bridget Jones


Mais um livro/filme que homenageia Orgulho e Preconceito, a obra mais famosa de Austen. Bridget Jones é uma mulher de 32 anos, que resolve tomar o controle de sua própria vida, então decide escrever um diário. Nele, coloca todas as suas opiniões sobre os mais diversos assuntos. A referência ao livro de Austen vem do nome do personagem que faz par romântico com a protagonista: Mark Darcy. Que, por coincidência (ou não) foi interpretado por Colin Firth, que já interpretou Darcy em uma adaptação de bastante sucesso de Orgulho e Preconceito .


13- Lost in Austen


Lost in Austen é uma minissérie britânica de quatro episódios. Amanda Price é uma inglesa do século XXI, fã de Orgulho e Preconceito. Um belo dia, ela descobre em seu banheiro uma passagem para o universo da história de Jane Austen e acaba ficando presa lá, enquanto que Elizabeth Bennet fica presa no mundo de Amanda. É então que a confusão começa... O clássico começa a tomar rumos inesperados e Amanda resolve tentar consertar tudo, para que um dos romances de maior sucesso da história acabe com um final catastrófico.




14- Emma Approved


Seguindo o estilo de The Lizzie Bennet Diaries, citada aqui na lista, Emma approved é uma webserie de comédia romântica, que traz uma Emma Woodhouse moderna. Seu dom de juntar casais é seu negócio e recebe a ajuda de seu grande amigo Alex Knightley.







15- Aisha


É um filme indiano, inspirado no livro Emma.
Sinopse: Aisha é uma garota com um simples ditado - o assunto de todos é assunto dela. Arjun é um rapaz com um conjunto de crenças simples - Aisha deveria se meter em seus próprios assuntos. Presa na alta classe de Delhi com seu próprio conjunto de regras sociais, Aisha navega seu mundo com um grande senso de estilo e até mesmo com otimismo. Pegos em sua teia estão sua melhor amiga Pinky, a garota do interior Shefali, o rapaz do oeste de Delhi Randhir e o galã Dhruv. Aisha fará com que todos dancem sua música. E tudo que Arjun quer fazer é desembaraçar essa teia e tirar Aisha destas eminentes bagunças. Quem terá sucesso e quem sucumbirá? Bem-vindo ao fabuloso mundo de Aisha onde brincar de cupido é tão fácil como 123... mas só se Arjun ficar fora do seu caminho!

---

Como puderam perceber, a grande maioria se inspira em Orgulho e Preconceito. Longe de mim, estar reclamando, já que é meu livro favorito, mas poderiam ter mais histórias e produções inspiradas nos outros livros também, como A abadia de Northanger. Fugir um pouco de Orgulho e Preconceito e Emma.

Espero que tenham gostado das indicações. De todas, minhas obras preferidas são: 1, 7, 9. 10 e 12. Algumas eu ainda não assisti, descobri a existência fazendo a pesquisa para esta postagem, fiquei bastante interessada.
As adaptações das histórias originais são bem legais também, quem sabe eu faça um post sobre elas outro dia.

E você? Já assistiu algum filme/série ou leu algum livro da lista? Conte-nos o que achou.

Que a força esteja a seu favor! Não se esqueça de clicar em SEGUIR na coluna da direita do blog em "SEGUIDORES" e também de nos acompanhar nas nossas redes sociais:
Facebook | Instagram | Twitter | Youtube
Obrigada por tudo! Volte sempre! #desaparatei

0 comentários

ASSISTA AOS VÍDEOS DO NOSSO CANAL E SE INSCREVA!