Top X

5 Séries em 2016 - Parte 2

dezembro 29, 2016

Oi, gente! Beleza?

A Rita fez um post com as cinco melhores séries que ela começou a assistir em 2016 e eu decidi fazer a minha lista também. Então, vamos lá!

Fuller House


Sem dúvidas, uma das séries mais amorzinho desse ano! Quem nunca assistiu Full House (ou Três é demais, como é conhecida aqui no Brasil), a famosa série com as gêmeas Olsen? Esse ano teve um clima bem nostálgico, várias notícias de coisas da nossa infância voltando e Fuller House foi uma delas. Com o elenco original, a série mostra DJ já adulta com três filhos e com um marido recentemente falecido. Ela começa a morar com Steph e Kimmy (que também tem uma filha), e juntas se ajudam na criação das crianças e tudo o mais. Basicamente o mesmo plot da série antiga. Várias referências ao passado, participações mais que especiais… Só faltou mesmo a volta da Michelle (Irmãs Olsen). Caso queira saber mais, eu falei dessa série aqui no blog.

3%


Uma das surpresas da Netflix em 2016! A série distópica totalmente brasileira me conquistou totalmente. Rita falou um pouco dela aqui. Trouxe representatividade, críticas sociais e morais, além de tirar um pouco do preconceito contra produções brasileiras. A distopia é uma crítica clara à Meritocracia. Existem dois lados: o Continente e o Maralto. O continente é onde vive a maior parte da população, onde existe miséria, fome, doença e sofrimento; ao contrário do Maralto, onde só a elite vive com alta tecnologia, paz e fartura. Todos os anos há um processo, onde só 3% da população do Continente podem ganhar uma passagem só de ida para o Maralto. Todos dão tudo de si para passar no Processo, entretanto, existem aqueles que são contra tudo isso, aqueles que querem mudar o panorama da sociedade em que vivem, aqueles que acham injusto que apenas 3% da população possa desfrutar das boas coisas que o Maralto oferece. Aqueles que denominam-se como a Causa e que farão de tudo para acabar com o Processo.

Vikings


Comecei a assistir por indicação de um amigo e tive o prazer de conhecer uma das melhores personagens da vida: Lagertha. Que mulher! E essa série tem um dos elencos mais bonitos que já vi, nossa senhora! Eu não entendo muito bem porque comparam esta série a GoT, apesar do “clima” ser bem parecido, não vejo tantas semelhanças. Vikings, como o próprio nome sugere, é sobre a expansão dos vikings desde pouco antes da Idade Média. Os Vikings foram povos pagãos e violentos que não dispensavam uma boa guerra. Tem briga por poder, violência, intrigas e traições. O personagem principal é Ragnar Lothbrok, um Viking mais esperto que a maioria e um sonhador que desejava viajar por águas desconhecidas para descobrir novas terras (que ele acreditava existir). O interessante dessa série é a mistura de ficção e realidade, pois Ragnar foi realmente um lendário Viking! Também já falei de Vikings aqui no DNA.


Criminal Minds


Essa série entrou para as minhas favoritas da vida! Criminal Minds foi lançada em 2005 e é sobre um grupo de especialistas do FBI que traçam perfis de Serial Killers e descobrem o que se passa na mente deles. Eu sempre fui apaixonada por coisas que envolvem assassinos em série, mistério e policiais, quando vi a sinopse dessa série, comecei logo a assistir. Uma coisa engraçada é que eu comecei pela 9ª temporada sem perceber… Achei esquisito, mas continuei até o episódio sete, até que percebi que na Netflix só tinha as temporadas 9 e 10. Foi aí que descobri que, na verdade, a série possuía 12 temporadas, mas aí eu já estava meio viciada e tive que começar novamente a partir da primeira. Em Criminal Minds fui apresentada um dos personagens mais amáveis que tive o prazer de conhecer: Spencer Reid, o gênio. Ele é fofo demais, fala sério!  Estou na segunda temporada e aproveitarei as férias para assistir o máximo que puder. Eu já amo tanto essa série que se ela fosse uma pessoa, eu iria agarrá-la para nunca mais soltar! Talvez eu faça um post especial quando eu terminá-la...

Broadchurch


Eu já falei um pouco dessa série por aqui. Comecei a assistir só por causa do David Tennant, confesso, mas o enredo da história me prendeu, até porque série policial é um das coisas que mais gosto na vida. A primeira temporada mostra o drama de uma família que encontrou seu filho morto na cidade onde vivem: Broadchurch. Uma investigação acerca desta morte é comandada por Alec Hardy (David Tennant) e Ellie Miller (Olivia Colman). A partir daí, vários segredos vão sendo revelados e a cada capítulo, a série vai ficando mais interessante, até que descobrem o culpado e não é nada do que você esperava. Isso eu achei incrível, pois eu não soube desvendar o mistério até que ele se mostrou para mim, e normalmente eu descubro antes ou ao menos crio uma teoria. Os produtores e roteiristas realmente me surpreenderam!

Bônus: Doramas


Outro vício que desenvolvi esse ano foram os doramas, as tais séries coreanas. São bem curtinhos e com uma boa carga de drama que eu A-D-O-R-O! hahaha
Inclusive, já dei 6 motivos para você assistir Doctor Crush aqui. Além de Doctor crush, assisti Oh My Venus, Dramaworld e estou terminando Good Morning Call e Cinderella and Four Knights. Alguns são meio bobinhos, mas dá para passar o tempo e é bem legal ouvir a língua coreana. Ah, foi através dos doramas que comecei a ouvir K-pop também, como se não bastasse a quantidade de vícios que já tenho, arranjei mais um.

E como boa pessoa indecisa que sou, ainda coloco aqui as menções honrosas a The Get Down, que também me surpreendeu bastante e me conquistou com todo seu figurino, trilha sonora e clima dos anos 1970; a Teen Wolf, que muita gente desdenha, fala mal, mas eu gostei bastante e que veio com a sexta e última temporada para acabar com meu coração de vez (Stiles ); e a Sense8, obviamente, que eu ainda não terminei de assistir por pura falta de tempo e organização, mas que já tem um espacinho em meu coração por toda sua representatividade e quebra de tabus, obrigada por isso!


Como deu para perceber, eu sou meio seriemaníaca, então essa lista poderia ser bem maior do que já foi (risos). Espero que tenham gostado.

Mas e aí? Já assistiu alguma das séries que citei? Gosta de alguma? E qual é a sua lista de melhores de 2016? 

0 comentários

ASSISTA AOS VÍDEOS DO NOSSO CANAL E SE INSCREVA!