Primeiras Impressões

Primeiras Impressões: Filhos da Lua - O Legado, de Marcella Rossetti

novembro 03, 2016

Sinopse: Você consegue imaginar que a vida que te ensinaram a viver pode não ser aquela para a qual nasceu? Que tudo o que acredita pode não ser inteiramente verdade? E que existem criaturas conhecidas como trocadores de pele vivendo entre nós?
Em Filhos da Lua: o Legado, você descobre um novo universo de fantasia urbana, tendo como cenário o nosso país. A autora apresenta uma aventura cheia de mistérios cuja personagem principal é Bianca, uma adolescente que não imagina que sua chegada na cidade desencadearia uma série de acontecimentos capazes de transformar completamente a sua vida e revelar os segredos de um perigoso mundo.

Eu demorei a começar a ler Filhos da Lua por causa da correria, mas creio que eu não vá demorar muito para terminá-lo e resenhá-lo aqui. Que livro bom, socorro! É difícil parar de ler, se eu pudesse já o teria lido todo em um ou dois dias.


Terminei a Parte I e decidi falar das minhas primeiras impressões – é um pouco mais do que eu leria para uma primeira impressão, mas como eu disse, é viciante e eu não conseguia parar. Conheci Filhos da Lua: oLegado quando a autora Marcella Rossetti entrou em contato comigo para uma parceria, eu me interessei pela sinopse e fechei a parceria.
Informação inútil: Depois de um tempo, descobri que outra autora parceira, a Thais, era amiga da Marcella e estava indicando Filhos da Lua, dizendo que era bom demais. Eu fiquei surpresa, mas acho que foi, provavelmente, pela Thais que a Marcella ficou sabendo do DNA. Mas enfim...
Comecei a ler o livro e a Thais estava realmente certa.


Do que se trata o livro? Bem, Bianca é uma garota que sofre com o sonambulismo e tem um passado meio nebuloso que nem ela entende muito bem. Ela e sua irmã Laura se mudam o tempo todo por causa do trabalho de Laura. Quando Laura encontra um trabalho para restaurar uma igreja em Santos/SP, as duas tem que ir para lá e é em Santos que as coisas começam a mudar e o passado de Bianca fica mais próximo de ser revelado.

"Não amamos o que queremos, mas o que não escolhemos."

Eu ainda estou muito confusa com meus sentimentos em relação aos personagens. A Bianca, que é a protagonista, é determinada, mas é meio irritante ás vezes. O mesmo para Lucas, que é encantador, mas parece ser do tipo manipulador... A Nicole eu comecei não gostando, mas estou mudando minha opinião. Julian é do estilo bad boy e eu realmente não sei o que pensar dele, tem muito mistério ainda. Todos estão assim: nenhum preferido, nenhum que eu odeie com todas as forças.

Quer dizer, nenhum não...

Alguns já estão se destacando pro bem ou pro mal e me chamando a atenção. Patrick, da alcatéia de Julian é muito engraçado e imagino que ele tenha dois possíveis caminhos: ou ele vai ser aquele personagem secundário que todo mundo adora, ou ele não vai ter muita importância na história e nem vai ser tão legal quanto aparenta. Isso se a autora não for destruidora de corações e surpreender a gente, né? E tem aqueles três esquisitos que eu ainda não sei muito sobre, mas já sei que não os suporto.


O mundo que Marcella criou parece ser bastante completo e vasto, o que me fez querer pesquisar um pouco e achei o site do livro, lá tem algumas coisas interessantes, como informações sobre os personagens, sobre os Karibakis e suas linhagens e também sobre o Refúgio, que é onde se passa a Parte II do livro. Você ainda pode ler os primeiros capítulos por lá!


A narrativa é em terceira pessoa e tem um ritmo muito bom. Você lê um capítulo e quer ler outro, você realmente não consegue parar e acredito que o livro só vá melhorando a cada página. Você quer saber o que vai acontecer, quer descobrir todos os mistérios por trás dos lugares e dos personagens. E é isso que vou fazer agora, Filhos da Lua: o Legado me espera, tchau! Aguardem a resenha, coming soon!

0 comentários

ASSISTA AOS VÍDEOS DO NOSSO CANAL E SE INSCREVA!