resenha

[Resenha] Espada e Dever, de Peterson Rodrigues

junho 15, 2016

Nome: Espada e Dever (Thystium #2) | Autor: Peterson Rodrigues | Gênero: Fantasia | Editora: Publicação Independente | Ano: 2016 | Páginas: 83

Sinopse: Thystium é um mundo que possui os mais diversos perigos. Os inimigos atacam nas montanhas, rios, planícies e florestas. Para fazer frente a essas ameaças, o mundo possui poderosos heróis. Determinados em proteger quem não pode fazer isso por si próprio e nessa luta, os espadachins de Bënvahn se destacam.
Gavril é um destes guerreiros honrados e nobres, porém carrega uma maldição que corrói seu corpo. Em busca da cura para seu sofrimento, o espadachim se juntará à serva dos deuses estelares Flayfh Merien. Juntos, os dois viajarão através das planícies e do misterioso sul, enfrentando inimigos alienígenas e profanos até o confronto derradeiro contra o misterioso Feiticeiro Azulado.
Leia e descubra porque o dever é maior do que quem o carrega.

Trecho Preferido: "Um forte laço é criado entre aqueles que salvam o mundo. Uma amizade que nada, nem mesmo o tempo, senhor de tudo, é capaz de desfazer."

Resenha:
 
Em primeiro lugar, agradeço ao Peterson por ceder o livro para eu ler e resenhá-lo aqui. Espada e Dever é o segundo livro do autor e é a continuação da série Thystium, foi lançado no último fim de semana em sua versão digital. O livro é bem curtinho e se passa cinco anos após os acontecimentos de Quando a magia esgota.

Nele, conhecemos Gavril, um espadachim da academia de Benvähn. Ele é um herói que salvou muitas vidas e acumulou muitos inimigos em toda Thystium e volta à ordem dos Benvähn para concluir seu treinamento, pois há uma ameaça a espreita e ele precisará ir além dos seus limites para vencer esta batalha. Para isso, conta com a ajuda de Flayfh, uma clériga serva dos deuses, que o espadachim conhece numa de suas viagens.

"Uma criatura sanguinária e selvagem, um espadachim frio e solitário. Companheiros improváveis, hoje se preocupando um com o outro."

Gavril, além de ter um passado trágico, adquiriu uma maldição numa batalha em que quase foi destruído. Ele possui uma mancha negra em seu peito e é por causa disso que ele vai procurar por Flayfh. Entretanto, os dois acabam descobrindo que coisas muito piores rondam Thystium e está na mão deles a salvação das terras mágicas.


Os protagonistas da história mostram-se bastante poderosos a cada página. Em Espada e Dever, os personagens foram muito mais interessantes e mais bem trabalhados em minha opinião. Eu realmente gostei de todos os personagens, sem exceção.  E apesar do livro ter menos de cem páginas, teve muito mais ação!


Somos apresentados a mais regiões do mundo de Thystium, expandindo um universo que se mostra cada vez mais completo. Pude perceber também um crescimento na escrita do Peterson, que conseguiu ser mais descritivo e trabalhar melhor a história, mesmo com um ritmo mais acelerado. E esse ritmo faz com que a leitura seja rápida e prenda o leitor totalmente.

"Ouvi relatos em outros vilarejos. Eles se locomovem diferente, comem diferente, mas sangram. Se eles sangram, podemos matá-los."

Ainda com uma influência de RPG, Espada e Dever te deixa com a sensação de que Thystium possui vida própria, que a magia é real. O fim do livro abre espaço para uma futura continuação com um vilão muito mais poderoso e temido.

Peterson se superou neste livro e você não tem motivos para não lê-lo! 

O livro já está disponível no Amazon, adquira o seu!

"O dever é maior do que o homem que o carrega. Não é feito por glória ou por gratidão, e sim, porque precisa ser feito."

Que a força esteja a seu favor! Não se esqueça de clicar em SEGUIR na coluna da direita do blog em "SEGUIDORES" e também de nos acompanhar nas nossas redes sociais:
Facebook | Instagram | Twitter | Youtube
Obrigada por tudo! Compartilhe e volte sempre! #desaparatei

0 comentários

ASSISTA AOS VÍDEOS DO NOSSO CANAL E SE INSCREVA!