especiais

#EspalheFantasia | 5 Séries de Fantasia Publicadas no Brasil

junho 11, 2016

Oi, galera!
 
Hoje é um dia especial, um dia mágico. Sabe por quê? Porque hoje é dia de espalhar fantasia. A ideia surgiu das mentes brilhantes de Vagner Stefanello, do blog Desbravando Livros e Marcelly Nascimento, do blog Me Livrando. Eles decidiram que hoje, dia 11 de junho, era um bom dia para deixar o mundo com um pouco mais de magia. Vários blogs/leitores/autores participantes da campanha #espalhefantasia estarão postando indicações de cinco séries de fantasia publicadas no Brasil, seja nacional ou internacional.
 

Aqui no DNA, Rita e eu decidimos fazer a lista juntas. Foi bastante difícil escolher, mas finalmente temos os cinco escolhidos. Confira:
 
1- Filhos do Éden – Eduardo Spohr


Quando comecei Filhos do Éden o que mais me encantou foi fato de se passar no Brasil. Assim como em A Batalha do Apocalipse, livro de estréia do autor, em Filhos do Éden temos o céu divido nas facções de Miguel e Gabriel e essa guerra acaba chegando também na terra. No início do primeiro livro acompanhamos a Rachel, estudante na região serrana do Rio que, com uma memória um pouco alterada só nos deixa mais intrigados sobre o envolvimento dela com os personagens celestiais e a guerra que está em andamento. Durante a narrativa Eduardo intercala acontecimentos atuais e passados além de diferentes pontos de vista focados em determinados personagens. É, sem dúvida, aquele tipo de livro que você não larga até acabar.

Sinopse: Há uma guerra no céu. O confronto civil entre o arcanjo Miguel e as tropas revolucionárias de seu irmão, Gabriel, devasta as sete camadas do paraíso. Com as legiões divididas, as fortalezas sitiadas, os generais estabeleceram um armistício na terra, uma trégua frágil e delicada, que pode desmoronar a qualquer instante.Enquanto os querubins se enfrentam num embate de sangue e espadas, dois anjos são enviados ao mundo físico com a tarefa de resgatar Kaira, uma capitã dos exércitos rebeldes, desaparecida enquanto investigava uma suposta violação do tratado. A missão revelará as tramas de uma conspiração milenar, um plano que, se concluído, reverterá o equilíbrio de forças no céu e ameaçará toda vida humana na terra.Ao lado de Denyel, um ex-espião em busca de anistia, os celestiais partirão em uma jornada através de cidades, selvas e mares, enfrentarão demônios e deuses, numa trilha que os levará às ruínas da maior nação terrena anterior ao dilúvio – o reino perdido de Atlântida.

2- Dragões de Éter – Raphael Draccon


Dragões de Éter foi uma trilogia que me conquistou por completo. Muita gente fala mal, não gosta da escrita do Draccon, mas eu simplesmente amo! Tanto a escrita quanto o enredo. Os livros misturam novas versões dos contos de fadas com várias referências à cultura pop num mundo criado por Draccon chamado Nova Ether. Eu achei incrível toda a ideia da trilogia e a forma como foi apresentada, foi algo único e diferente de tudo que eu tinha lido até então. O narrador que muitos odeiam, foi um ponto a favor na minha leitura. Se quiser saber mais a minha opinião, leia a resenha de Caçadores de Bruxas, o primeiro livro da trilogia AQUI. Dos três volumes, o meu preferido foi o segundo: Corações de Neve, e também foi o que mais me fez sofrer...

Sinopse: Nova Ether é um mundo protegido por poderosos avatares em forma de fadas-amazonas. Um dia, porém, cansadas das falhas dos seres racionais, algumas delas se voltam contra as antigas raças. E assim nasce a Era Antiga.
Essa influência e esse temor sobre a humanidade só têm fim quando Primo Branford, o filho de um moleiro, reúne o que são hoje os heróis mais conhecidos do mundo e lidera a histórica e violenta Caçada de Bruxas.
Primo Branford é hoje o Rei de Arzallum, e por 20 anos saboreia, satisfeito, a Paz. Nos últimos anos, entretanto, coisas estranhas começam a acontecer...
Uma menina vê a própria avó ser devorada por um lobo marcado com magia negra. Dois irmãos comem estilhaços de vidro como se fossem passas silvestres e bebem água barrenta como se fosse suco, envolvidos pela magia escura de uma antiga bruxa canibal. O navio do mercenário mais sanguinário do mundo, o mesmo que acreditavam já estar morto e esquecido, retorna dos mares com um obscuro e ainda pior sucessor. E duas sociedades criminosas entram em guerra, dando início a uma intriga que irá mexer em profundos e tristes mistérios da família real.

3- Os Garotos Corvos – Maggie Stiefvater



Eu já citei essa série aqui no blog e não me canso. A saga dos corvos é simplesmente maravilhosa! Na história temos videntes, um antigo rei adormecido e as linhas ley (linhas de energia que cruzam o globo e que são centros de poder e magia). E como se não bastasse, os personagens são super cativantes e a escrita da Maggie é completamente irresistível. É cada mistério e reviravolta que é difícil não se prender à narrativa. Os três primeiros livros já foram lançados aqui no Brasil enquanto The Raven King tem previsão de lançamento para o final de outubro.

Sinopse: Todo ano, na véspera do Dia de São Marcos,­ Blue Sargent vai com sua mãe clarividente até uma igreja abandonada para ver os espíritos daqueles que vão morrer em breve. Blue nunca consegue vê-los — até este ano, quando um garoto emerge da escuridão e fala diretamente com ela.Seu nome é Gansey, e ela logo descobre que ele é um estudante rico da Academia Aglionby, a escola particular da cidade. Mas Blue se impôs uma regra: ficar longe dos garotos da Aglionby. Conhecidos como garotos corvos, eles só podem significar encrenca.Gansey tem tudo — dinheiro, boa aparência, amigos leais —, mas deseja muito mais. Ele está em uma missão com outros três garotos corvos: Adam, o aluno pobre que se ressente de toda a riqueza ao seu redor; Ronan, a alma perturbada que varia da raiva ao desespero; e Noah, o observador taciturno, que percebe muitas coisas, mas fala pouco.Desde que se entende por gente, as médiuns da família dizem a Blue que, se ela beijar seu verdadeiro amor, ele morrerá. Mas ela não acredita no amor, por isso nunca pensou que isso seria um problema. Agora, conforme sua vida se torna cada vez mais ligada ao estranho mundo dos garotos corvos, ela não tem mais tanta certeza.

4- Santuário da Morte – Thais Lopes


Essa série de fantasia urbana é de uma autora parceira do blog e que merece uma atenção hoje (e sempre!). Santuário da Morte será uma trilogia, mas só dois livros foram lançados e um conto (serão dois ou três também). O primeiro volume é O Ciclo da Morte e foi o que eu li (veja a resenha aqui) e posso dizer que é espetacular. É de uma originalidade assombrosa e a escrita muito fluida, o que prende o leitor. Estou com Herança de Fogo para ler e resenhar, mas antes terá resenha de outro livro da autora: Sentinela, que também estou amando. Thais manda muito bem!
A autora ainda possui outro livro de fantasia chamado Nilue, confira no Skoob.

Sinopse O Ciclo da Morte: Às vezes, nem mesmo a Morte está segura.Um anúncio de aluguel faz com que Lucio, um vampiro caçado pelo primogênito de sua raça, conheça Kelene. Mas ela não é apenas uma jovem humana, da mesma forma que Lucio não é um vampiro qualquer. O que Kelene não imaginava era que Lucio estivesse ligado a uma figura de seu passado, e que uma armadilha antiga estivesse de volta.
O que Lucio não esperava era que Kelene fosse a arma que precisavam para destruí-lo, ele que estava além da própria Morte.
Quando a verdade começa a vir à tona, não há como fugir. As respostas estão no passado, entre as memórias proibidas de Lucio e os segredos que transformaram Kelene no que ela é. Mas o que alguém pode fazer quando a própria Morte está ameaçada?

5- Supernova – Renan Carvalho


A trilogia de Renan Carvalho me deixou sem ação. Eu terminei o primeiro volume desesperada e eufórica ao mesmo tempo. Primeiramente, a escrita do autor é maravilhosa e o livro é narrado em primeira pessoa, o que de início eu não curti, mas depois passei a amar. Supernova se tornou um dos meus livros favoritos e acho difícil alguém não gostar. Li os dois livros já lançados (leia a resenha do primeiro volume) e o terceiro deve ser publicado em 2017, chama-se O Satélite de Ferro. O enredo é muito instigante e te faz devorar o livro em pouco tempo. Um mundo bastante completo, tudo com muitos detalhes, é simplesmente incrível!

Sinopse O Encantador de Flechas: Imersa em uma ditadura implacável, a isolada cidade de Acigam sofre com a ameaça da guerra civil. De um lado, a Guilda, um grupo que utiliza os ensinamentos da Ciência das Energias para exigir direitos para a população. Do outro, um governo tirano, resguardado por soldados especialistas em aniquilar magos — nome vulgar dado aos praticantes da tal ciência. No meio desse conflito vive Leran, que, após ser tragado para a rebelião, tenta aprender mais sobre sua misteriosa habilidade de encantar objetos com a energia dos elementos.
Com uma narrativa envolvente e reviravoltas incríveis, Supernova: O Encantador de Flechas é um livro que vai arrebatar os fãs de fantasia.

Menções Honrosas:

Tem livros que não podem ficar de fora numa lista como essa. Livros como Harry Potter e As Crônicas de Nárnia.

Harry Potter é uma das séries mais famosas do mundo, mas pasmem, muita gente ainda não leu. A criação de JK Rowling conta a vida de Harry, um bruxo que sobreviveu a tão temida maldição da morte quando era apenas um bebê. O Lorde das Trevas, bruxo poderoso que matou os pais de Harry perdeu os poderes naquela noite fatídica e tenta se recuperar para voltar ao seu auge. A saga de sete volumes marcou a infância de muita gente, inclusive a minha. Ainda está presente na vida de muitos fãs, pois não é uma simples história de fantasia, não é apenas sobre bruxos, é uma coletânea de aprendizados sobre amor, amizade, preconceito e um monte de coisas que te fazem refletir e melhorar como indivíduo. Fora todas as gírias do mundo bruxo que ninguém além dos fãs entendem, tipo "você é trouxa". É demais!

E aquela atmosfera mágica e encantadora que Nárnia transmite? Quem nunca quis tomar um chá com o Sr. Tumnus? As Crônicas de Nárnia são 7 livros escritos por C.S. Lewis entre as décadas de 40 e 50. Contando com influências da mitologia grega e nórdica, dos contos de fadas e até mesmo da Bíblia, Lewis criou um mundo fantástico paralelo ao nosso com criaturas falantes e seres místicos. Apesar da série ser conhecida pelas aventuras do irmãos Pevensie, temos vários outros personagens importantes como Digory e Polly que testemunharam a crianção do mundo mágico. Nárnia, sem dúvida, foi uma parte essencial na vida de muita gente com seus personagens singulares, seus cruéis vilões e claro, nosso amado Aslam. 


Até a próxima! ~Aparatei~


Que a força esteja a seu favor! Não se esqueça de clicar em SEGUIR na coluna da direita do blog em "SEGUIDORES" e também de nos acompanhar nas nossas redes sociais:
Facebook | Instagram | Twitter | Youtube
Obrigada por tudo! Volte sempre! #desaparatei

0 comentários

ASSISTA AOS VÍDEOS DO NOSSO CANAL E SE INSCREVA!